FELICIDADE: TEORIAS E FACTORES

Depois de definir felicidade e/ou bem-estar subjectivo, apontam-se algumas teorias ou modelos explicativos da felicidade e os factores principais que lhe estão subjacentes. As variáveis personológicas contribuem muito mais para a felicidade do que os factores sociodemográficos e contextuais. Talvez o melhor modelo explicativo seja o do "equilíbrio dinâmico" e interactivo entre a personalidade e as outras variáveis, entre os factores endógenos e exógenos. Conclui-se que a felicidade é um conceito complexo e multidimensional, de difícil compreensão e avaliação. Impõe-se uma perspectiva holística.

Login