OS IDOSOS VISTOS POR ELES MESMOS:VARIÁVEIS PERSONOLÓGICAS E REPRESENTAÇÃO DA MORTE

O fenómeno da terceira idade desafia hoje não apenas os políticos e os sociólogos, mas também os psicólogos. Em Portugal, os estudos no campo psicológico ainda são incipientes. No sentido de compreender melhor algumas variáveis da terceira idade, foram passadas diversas escalas a 104 idosos, que respondiam também a três perguntas abertas sobre a representação da morte e do morrer. Através da análise de variância verificou-se que existem diferenças significativas conforme o sexo, mas não há diferenças entre os idosos mais 'novos' e os mais 'velhos' quanto a algumas variáveis personológicas. As respostas em aberto sobre a representação da morte foram analisadas através da análise de conteúdo, notando-se que, em geral, predominam respostas positivas a respeito do morrer e da morte.