AVALIAÇÃO DINÂMICA DA REALIZAÇÃO COGNITIVA: ALGUMAS IMPLICAÇÕES PARA A AVALIAÇÃO ESCOLAR

Descrevem-se os fundamentos e procedimentos da avaliação dinâmica ou interactiva da inteligência que, nos últimos anos, se tem instituído como um modelo alternativo à avaliação tradicional das capacidades cognitivas. A situação interactiva e de aprendizagem em que assenta esta nova forma de avaliação possibilita uma avaliação mais global e contextualizada das capacidades e do funcionamento cognitivo dos sujeitos, podendo inclusive atender melhor aos objectivos de avaliação junto de grupos de crianças com maiores dificuldades escolares ou com problemas comportamentais, particularmente quando tais problemas afectam a forma como lidam e resolvem as tarefas. Por último, procura-se extrapolar algumas pistas decorrentes desta prática avaliativa no seio da Psicologia para a avaliação escolar. Pensa-se que, desta forma, o professor poderá obter um melhor conhecimento dos seus alunos, por exemplo dos seus procedimentos resolutivos, assim como inventariar algumas pistas de actuação, por exemplo estratégias de apoio educativo face às características de realização avaliadas.


Login